Vamos meditar em João Cap 8

(João 8:8)

( … contexto anterior )

(João 8:26) – Muito tenho que dizer e julgar de vós, mas aquele que me enviou é verdadeiro; e o que dele tenho ouvido, isso falo ao mundo.

Amados, Jesus foi enviado pelo Pai. O Pai que o enviou é verdadeiro. E tudo o que Jesus ouviu do Pai, ele ensinou. E Jesus não pode ter ouvido do Pai que Ele morreria para aboliar a Torá, porque O Pai é Verdadeiro, e não mente. Não é homem para que minta. E todo o ensinamento do Pai, todos os mandamentos, são verdadeiros.

(João 8:27) – Mas não entenderam que ele lhes falava do Pai.
(João 8:28) – Disse-lhes, pois, Jesus: Quando levantardes o Filho do homem, então conhecereis quem eu sou, e que nada faço por mim mesmo; mas falo como meu Pai me ensinou.
(João 8:29) – E aquele que me enviou está comigo. O Pai não me tem deixado só, porque eu faço sempre o que lhe agrada.

Como Jesus agradava ao Pai?

(João 15:10) – Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor.

(João 8:30) – Dizendo ele estas coisas, muitos creram nele.
(João 8:31) – Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos;

O Verdadeiro discipulo anda conforme o seu mestre andou. E como vimos, Jesus andava cumprindo os mandamentos do Pai. Da mesma forma, devemos serguir a Jesus, cumprindo os mandamentos do Pai. Se estamos Nele, devemos andar como Ele andou.

(I João 2:6) – Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou.

Algumas pessoas alegam que Jesus anulou todos os mandamentos do Pai. Que Jesus, mesmo sendo Um com o Pai ( ), anulou a Torah. Além disso, tambem afirmam que Paulo, por ter sido apóstolo aos gentios, teria anulado a Torah, abolindo os ensinamentos de YHWH, fazendo com que os gentios caminhassem fora da Lei de YHWH. Mas o que vemos na Palavra, acontece justamente o contrario. Veja o que Paulo aconselha:

(I Corintios 11:1) – Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo.

Como Paulo andava?

(Atos 24:14) – Mas confesso-te isto que, conforme aquele caminho que chamam seita, assim sirvo ao Deus de nossos pais, crendo tudo quanto está escrito na Torá e nos profetas.
(Atos 21:24) – Toma estes contigo, e santifica-te com eles, e faze por eles os gastos para que rapem a cabeça, e todos ficarão sabendo que nada há daquilo de que foram informados acerca de ti, mas que também tu mesmo andas guardando a Torá.

Paulo não abandonou a Torah. Alguns estavam afirmando que ele estava ensinando aos gentios a negarem a Torá, e por isso começou a ser perseguidos por judeus da seita dos fariseus. Mas os amigos de Paulo o aconselharam a mostrar a esses que ele mesmo guardava a Torá. Bem como Jesus guardou ( viveu, cumpriu, seguiu, obedeceu )

(João 8:32) – E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

Quem é a verdade?


(João 14:6) – Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
(João 17:17) – Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.
(Salmos 119:86) – Todos os teus mandamentos são verdade. Com mentiras me perseguem; ajuda-me.
(Salmos 119:142) – A tua justiça é uma justiça eterna, e a tua lei é a verdade.
(Salmos 119:151) – Tu estás perto, ó SENHOR, e todos os teus mandamentos são a verdade.
(Salmos 119:160) – A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre.
(Salmos 119:44) – Assim observarei de contínuo a tua lei para sempre e eternamente.
(Salmos 119:45) – E andarei em liberdade; pois busco os teus preceitos.

A Verdade são os mandamentos. O que nos tras liberdade é andar na Lei do SENHOR. Jesus é esse Caminho e Jesus é a Verdade e a vida, porque Jesus é a Propria Torá feito Carne.

(João 1:1) – NO princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
(João 1:14) – E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.

Não há outro caminho para se achegar ao Pai, não sendo pela Torá – Yeshua – Torá, porque Yeshua é nossa Tora Viva, é a Palavra em Carne de homem.

(João 8:33) – Responderam-lhe: Somos descendência de Abraão, e nunca servimos a ninguém; como dizes tu: Sereis livres?
(João 8:34) – Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado.

O que é pecado?

(I João 3:4) – Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é iniqüidade.

Iniquidade em grego é ANOMIA.
Nomia = Torá, traduzido para o português como Lei.

A Nomia = Não Torá. Ou, contra a torá.

Uma outra versão traduz assim:

(I João 3:4) – Qualquer que comete pecado, transgride a Lei; porque o pecado é transgressão da Lei.

Ou seja, pecar é transgredir a Torá. Todo aquele que transgride a torá é servo da transgressão a torá.

(João 8:35) – Ora o servo não fica para sempre em casa; o Filho fica para sempre.
(João 8:36) – Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.

Seremos Livres de que?

Porque Jesus disse que se O Filho libertar, sereis livre?
Porque Jesus veio tão somente para libertar o homem do pecado. Ou seja, Jesus veio libertar o homem da transgressão a Tora.

(I João 3:5) – E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado.

Ao contrario do que afirmam, Ele nao veio ANULAR a Tora e nos livrar da obediencia a “Lei” ( Tora ). Nao! Ele veio justamente nos livrar de transgredir a Torá. Ou seja, veio nos ensinar a andar na Torá, porque o povo estava em pecado ( transgressão a Torá ) e já não obedeciam ao Pai como fora determinado.
Como todos pecaram e mereciam a morte, somente a morte de um Justo nos livraria de morrer por causa da desobediencia.

(João 8:37) – Bem sei que sois descendência de Abraão; contudo, procurais matar-me, porque a minha palavra não entra em vós.
(João 8:38) – Eu falo do que vi junto de meu Pai, e vós fazeis o que também vistes junto de vosso pai.
(João 8:39) – Responderam, e disseram-lhe: Nosso pai é Abraão. Jesus disse-lhes: Se fôsseis filhos de Abraão, faríeis as obras de Abraão.
(João 8:40) – Mas agora procurais matar-me, a mim, homem que vos tem dito a verdade que de Deus tem ouvido; Abraão não fez isto.
(João 8:41) – Vós fazeis as obras de vosso pai. Disseram-lhe, pois: Nós não somos nascidos de prostituição; temos um Pai, que é Deus.
(João 8:42) – Disse-lhes, pois, Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, certamente me amaríeis, pois que eu saí, e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas ele me enviou.

Ora, o Proprio Jesus afirma que ele nao veio dele mesmo, mas foi enviado pelo Pai. Poderia o Pai, que não mente, que não volta atrás em suas Palavras, que não anula suas Palavras, enviar alguém para morrer afim de anular Suas Palavras?

(Números 23:19) – Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?
(Malaquias 3:6) – Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.
(Tiago 1:17) – Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.

Seria mesmo possível acreditar que Jesus, sendo Filho de Elohim, UM com Ele, enviado dEle, que fez e falou tudo quando o Pai mandou, ensinou o que o Pai lhe ensinou, andou obedecendo ao Pai em tudo, será que Ele mesmo anulou a Tora? Não será que há um grande erro ai? E por tantos anos fomos enganados? Se o Eterno não pode mudar, e se Yeshua é Um com o Eterno, poderia Yeshua mudar a ordem que Ele mesmo deu?

(João 8:43) – Por que não entendeis a minha linguagem? Por não poderdes ouvir a minha palavra.
(João 8:44) – Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.
(João 8:45) – Mas, porque vos digo a verdade, não me credes.
(João 8:46) – Quem dentre vós me convence de pecado? E se vos digo a verdade, por que não credes?
(João 8:47) – Quem é de Deus escuta as palavras de Deus; por isso vós não as escutais, porque não sois de Deus.

(I João 3:6) – Qualquer que permanece nele não vive pecando; qualquer que peca não o viu nem o conheceu.

Ps: Lembre-se que pecar = transgredir a Torá

(I João 3:8) – Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo.
(I João 3:9) – Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus.

Quem nos enganou dizendo que Jesus anulou a Tora e que agora somos livres da “Lei” e portanto não precisamos mais cumprir mandamento?
Ora, Satanás, o pai da mentira. Mas, Jesus que diz a verdade, não cremos nele?

(João 8:48) – Responderam, pois, os judeus, e disseram-lhe: Não dizemos nós bem que és samaritano, e que tens demônio?
(João 8:49) – Jesus respondeu: Eu não tenho demônio, antes honro a meu Pai, e vós me desonrais.
(João 8:50) – Eu não busco a minha glória; há quem a busque, e julgue.
(João 8:51) – Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a morte.
(João 8:52) – Disseram-lhe, pois, os judeus: Agora conhecemos que tens demônio. Morreu Abraão e os profetas; e tu dizes: Se alguém guardar a minha palavra, nunca provará a morte.
(João 8:53) – És tu maior do que o nosso pai Abraão, que morreu? E também os profetas morreram. Quem te fazes tu ser?
(João 8:54) – Jesus respondeu: Se eu me glorifico a mim mesmo, a minha glória não é nada; quem me glorifica é meu Pai, o qual dizeis que é vosso Deus.
(João 8:55) – E vós não o conheceis, mas eu conheço-o. E, se disser que o não conheço, serei mentiroso como vós; mas conheço-o e guardo a sua palavra.

Quem é de Deus, ouve sua Palavra e obedece. Quem ama a Deus, guarda seus mandamentos.
(Romanos 2:13) – Porque os que ouvem a Torá não são justos diante de Deus, mas os que praticam a Torá hão de ser justificados.

Ps: Lembrem-se que onde aparece nomia ( ou nomom ) no grego, se refere a Torá, que foi traduzido para Lei, no portugues.

(João 8:56) – Abraão, vosso pai, exultou por ver o meu dia, e viu-o, e alegrou-se.
(João 8:57) – Disseram-lhe, pois, os judeus: Ainda não tens cinqüenta anos, e viste Abraão?
(João 8:58) – Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou.

Yeshua é YHWH. Ele mesmo afirmou ser Um com o Pai.

(João 10:30) – Eu e o Pai somos um.

Por isso pegaram em pedras para mata-lo, porque ele afirmou ser DEUS.

(João 10:33) – Os judeus responderam, dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma obra boa, mas pela blasfêmia; porque, sendo tu homem, te fazes Deus a ti mesmo.

(João 8:59) – Então pegaram em pedras para lhe atirarem; mas Jesus ocultou-se, e saiu do templo, passando pelo meio deles, e assim se retirou.

Yeshua sendo YHWH, como poderia Ele vir em carne anular o toda a sua obra anterior, sendo que Ele não pode mentir, ou arrepender-se do que faz ou fala? Teria YHWH se arrependido de ter dado a Torah aos homens? Ou teria Ele mesmo vindo em carne ser o sacrificio de uma vez por todas em lugar de ovelhas que não expiam pecados, afim de nos perdoar por sermos transgressores da Lei, e nos ensinarmos a andarmos em sua Santa Lei?

A Lei do SENHOR é Santa:
(Romanos 7:12) – E assim a Lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom.

A Lei do SENHOR não é pesada:
(I João 5:3) – Porque este é o amor de Deus: que guardemos os seus mandamentos; e os seus mandamentos não são pesados.

A Lei do SENHOR liberta:
(Salmos 119:45) – E andarei em liberdade; pois busco os teus preceitos.

A Lei do SENHOR é Luz:
(Provérbios 6:23) – Porque o mandamento é lâmpada, e a lei é luz; e as repreensões da correção são o caminho da vida,

A Lei do SENHOR é a Verdade:
(Salmos 119:142) – A tua justiça é uma justiça eterna, e a tua lei é a verdade.

E assim por diante.

Concluimos que Jesus não anulou a Linda Torá, que é nossa instrução, nosso caminho, que nos ensina o certo e errado. A Lei do Eterno dos dá uma diretriz, assim, não caminhamos de qualquer modo, mas temos um padrão a seguir.

Que o Eterno conduza sua vida e te direcione.

Andressa Dias Bragança

Anúncios

Uma resposta para Vamos meditar em João Cap 8

  1. nedson disse:

    muito bem visto estas palavras, yeshuá não violou nem aboliu a torah, com isso quem peca transgride a torah e tornasse seu escravo de fato, mas uma vez livre da acusação podemos ser livres de novo, por isso shaul fala que não devemos dar ocasião ao pecado pelo motivo de não estarmos debaixo da lei, ora a lei é comparada com a lua e sua influencia sobre todos os moradores da terra, por isso a MULHER (ALIANÇA, CIDADE DE YEHUSHALAYM) aparece em apocalipse tendo a lua debaixo dos pés, pois a lua recebe a luz do sol assim como a torah é iluminada pelos mandamentos, não é o mandamento que é iluminado pela lei e sim a lei pelo mandamento, assim a lei é santa, POREM O MANDAMENTO É SANTOM JUSTO E BOM.
    muito bem aplicado estas tuas palavras, pois muitos discipulos caem no erro de violar os 10 mandamentos pois se esquecem que os 10 são a aliança e faltando um deles está violada a aliança, resta saber qual mandamento violamos …… sou estudioso não religioso, até porque esta palavra me tras desconforto, se ADAM viveu uma vida de liberdade de consciencia até ter sido iludido por chavah e está por há-satan, então devemos ter um ALTO PENSAMENTO DE LIBERDADE, e não ficarmos presos uns aos outros por meio de adorações diversas, sejam vós que viveis e não outros em vós, caminhais o vosso caminho e não outros…….
    nedson@sma.prefpoa.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: